Ocorrências atendidas pela Polícia Militar de Campo Mourão dia 05 p/06-02

6 de fevereiro de 2012 13:25Comentários desativados

VIAS DE FATO E AMEAÇA

Às 10h54min, a Polícia Militar compareceu na Rua Vereador José Dutra Lima, no Jd. Barleta, onde segundo informações havia uma vias de fato, sendo no local constatado uma discussão entre dois adolescentes, onde D. H. A. 17 anos, estava ameaçando D. de M. 15 anos, Diante do ocorrido ambos foram orientados e advertidos na presença de seus respectivos pais.

ANDARILHO É PRESO APÓS FURTAR OBJETOS DE CONSTRUÇÃO

Às 12h20min, a Polícia Militar em patrulhamento pela BR 158 próximo ao Trevo, saída para Maringá, quando depararam com um “andarilho” empurrando uma “carriola”, que na abordagem quando questionado sobre a procedência da “carriola”, o mesmo acabou confessando que a havia furtado de uma construção na Rua Geremias Cilião de Araújo, no Jd. Albuquerque, próximo a Associação dos Agrônomos. Com a informação os policiais localizaram a construção, onde foi constatado o arrombamento do cadeado do depósito de materiais. Diante do ocorrido à equipe deu voz de prisão ao andarilho identificado pelo nome de J. C. dos S. 31 anos; o mesmo foi encaminhado a 16º SDP para as devidas providências. Com o mesmo também foi localizado uma “chave truquesa” que ele também havia furtado do depósito. Não foi localizado nenhum responsável pela construção.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA / MAUS TRATO A FAMÍLIA

Nesta data às 16h18min, a Polícia Militar compareceu em uma casa na Avenida John Kennedy, no Lar Paraná, onde a solicitante M. A. da S., relatou que seu amásio A. C. A., estava embriagado e a agrediu, causando hematomas no seu braço direito, e também tentou sufoca-la, sendo a mesma socorrida por vizinhos que a conduziram até a casa de seu filho no Cohapar, onde acionou a Polícia Militar.  Diante da situação a equipe foi até a casa da solicitante, mas o seu amásio já havia se evadido, sendo a solicitante orientada.

TERMO CIRCUNSTANCIADO LAVRADO POR VIAS DE FATO E AMEAÇA

Nesta data por volta das 20h05min, a Polícia Militar deslocou até a Rua Esmeralda Kffuri, Conjunto Moradias Avelino Piacentini, no local a noticiante Sra. R. A. A. 28 anos, relatou que as vizinhas, as Sra. M. S. de A., 32 anos e R. de A. veio até a frente de sua residência e chamou por R. que ao sair começou a discutir, vindo a entrar em vias de fato, durante a agressão M. cortou o cabelo de R. com uma faca de cozinha e fez várias ameaças, inclusive que iria até a residência buscar um” Revolver. Cal. 32” para matá-la, diante dos fatos as partes foram convidadas a acompanhar a equipe ate ao 11º BPM para lavratura do TCIP, quando neste momento populares começaram a atirar pedras e objetos contra os policiais, sendo necessário o uso de munição anti-motim para conte-los, chegando ao Batalhão a Sra. M. começou a dizer que sentia dores abdominais e que estaria grávida, foi acionado de imediato o Corpo de Bombeiros que prestou socorro, encaminhando-a até a Santa Casa, durante todo procedimento a Sra. R. dizia palavras de baixo calão e tentava “morder” os policiais, sendo necessário o uso de algemas para conte-la. Diante da ilicitude praticada e da vontade de representação da noticiante, ambos os envolvidos foram conduzidos até o 11º Batalhão para a lavratura do respectivo Termo Circunstanciado.

DANO

Por volta das 03h26mm a Polícia Militar foi acionada na avenida comendador Norberto Marcondes, onde através de informações, uma pessoa estaria quebrando tudo no interior de uma residência, no endereço citado, no local a equipe deparou com a pessoa de H. C. B. em frente à residência, com sintomas de uso de drogas, ela mostrou a equipe o interior da residência toda quebrada e que num dos quartos estava presa à pessoa de J. e que também apresentava sintomas de uso de drogas e que o causador dos danos evadiu-se do local tomando rumo ignorado.

Facebook - Comente a notícia